Busca no site

NOTÍCIAS

21/12/2010 - 00h00

Helena fala da convivência com Chico Gomes e evita tom de despedida

Em aparte ao deputado Chico Gomes (PMDB), que se despedia no penúltimo dia de sessão de seu mandato, a deputada Helena Barros Heluy (PT) disse esperar que, assim como ela, Gomes não esteja encerrando o mandato com tom de despedida, pois as lutas de pessoas por direitos contarão com o peemedebista.

Helena frisou esperar que, embora não esteja na próxima legislatura, Chico Gomes prossiga com o mesmo ânimo, entusiasmo e compromissos com a causa dos mais oprimidos, mais empobrecidos e a redução das desigualdades sociais, tudo o que constituiu inquietação dele como parlamentar, ao longo do tempo, da história e que em razão disto “fez com que a ordem instituída em 64, não o fizesse na linha de frente das ações que Gomes estava já desenvolvendo”: “isto é fato que a história tem que conhecer e reconhecer, como já reconheceu por ocasião da Caravana da Anistia”.

Helena lamentou a ausência, no parlamento, de Chico Gomes, nos próximos quatro anos, mas ponderou que não está entre aqueles que acham que o mundo vai se acabar por causa disso, pois outros que já estão na Casa e outros que chegarão poderão ver no deputado peemedebista alguém em quem se espelhar.

“Eu acho isso importante, não fuja, não desapareça e não vá para outro lugar, o seu lugar é aqui, no Maranhão, que ainda tem muito a fazer e tem muito a ser feito”, aconselhou a deputada do PT, acrescentando que fica feliz por ter convivido nesta legislatura com os que a integram.

Helena salientou sua felicidade maior por ter convivido de perto com Chico Gomes. O parlamentar, segundo a deputada petista, provou que o exercício da atividade política e político-partidária deve aproximar as pessoas que sabem fazer a boa política, independente das diferenças e divergências.



Todos os direitor reservados

Helena Barros Heluy